Páginas

quinta-feira, 20 de abril de 2017

4/20. A história (controversa) do dia da marijuana

Tudo começou em 1971, quando cinco estudantes norte americanos começaram a juntar-se todas as tardes, às 16h20, para fumar marijuana junto a uma estátua no campus onde estudavam.
Esta quinta-feira celebra-se, um pouco por todo o mundo, o dia da marijuana. A efeméride é ilegal, claro, mas tornou-se suficientemente popular para assumir uma dimensão mundial. E o dia 20 de abril não é por acaso.
Como explica a Time, tudo começou em 1971, quando cinco estudantes norte americanos começaram a juntar-se todas as tardes, às 16h20, para fumar marijuana junto a uma estátua no campus onde estudavam.
Durante o dia, era comum aqueles estudantes usarem o código ‘420’, precisamente em referência à hora combinada, para indicarem uns aos outros que se deveriam encontrar naquela tarde para fumar marijuana, na hora e no local do costume.
O código popularizou-se quando um dos jovens, Dave Reddix, conseguiu um emprego como roadie do baixista Phil Lesh, dos Grateful Dead. O termo acabou por ser ouvido entre os fãs da banda e, segundo a história mais conhecida, um círculo de fãs distribuiu panfletos na cidade de Oakland a convidar as pessoas para fumarem erva às 16h20 de dia 20 de abril.
Um desses panfletos acabou por ser entregue a um antigo jornalista da revista High Times, uma publicação a favor da legalização da canábis, que publicou o panfleto e continuou a utilizar o número associado ao consumo daquela droga.
O grupo dos cinco estudantes ficou conhecido como The Waldos, e a revista reconheceu-os como inventores do ‘420’, hoje mundialmente associado à marijuana.
De acordo com a Time, os cinco ainda vivem na Califórnia, continuam a ser amigos e reconhecidos como os criadores do código. Mas a explicação para a especificidade da hora não é extraordinária: as aulas acabavam às 15h, depois os jovens tinham atividades desportivas e por volta das 16h20 estavam livres.
Também há outras explicações mais alternativas para tentar justificar o dia da marijuana: há quem diga que a efeméride se comemora neste dia por ser a data de nascimento de Adolf Hitler, que era viciado em drogas, mas esta explicação não tem tido sucesso entre os principais defensores da legalização das drogas leves.
Há quem diga ainda que o número corresponda também ao código usado pela polícia para emergências relacionadas com o consumo de canábis, mas tal também não é verdade. O site LA Weekly reúne uma dezena de histórias sobre possíveis origens para o código, todas elas comprovadamente erradas.
Em: http://observador.pt/2017/04/20/420-a-historia-controversa-do-dia-da-marijuana/

Vejam também estas irmãs: http://www.jn.pt/mundo/galerias/interior/as-freiras-da-erva-que-cultivam-e-consomem-canabis-na-california-6233583.html

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Mangrove Jacks Traditional Blonde Lager

Já se encontra a fermentar!

INSTRUÇÕES:

Passo 1:

- Colocar o extracto de malte do kit no fermentador e adicionar 3L de água a ferver.
- Mexer para dissolver bem;

Passo 2:

- Depois de dissolvido o extracto, adicionar mais água fria até perfazer os 23L (ou seja, adicionar + 20L de água)
- Mexer bem  (não tenha problemas se fizer bolhas de ar, até convém fazer um bocadinho).
- Colocar a levedura que vem juntamente com o kit e fechar bem o fermentador com a tampa.
- Colocar o borbulhador de 2 câmaras (que vem com o balde de fermentador) no buraco da tampa do fermentador com um bocado de desinfectante dentro do borbulhador.

Passo 3:

- Deixe o fermentador +/- a 20-25º C durante 10 dias.
Tenha calma está quase a acabar!

Passo 4:

Engarrafar a quantidade de garrafas que quiser com o volume que quiser, com uma válvula de enchimento e deixar maturar durante 3 semanas (normalmente a maturação é a frio mas percebo que as vezes seja difícil colocar 40 ou mais garrafas o frigorífico, pelo que pode deixar a temperatura ambiente porque nesta altura o efeito é quase o mesmo).

Passo 5:

Beber com os seus amigos ou ficar com ela toda para si, também mereceu!

Instruções retiradas do fornecedor:


http://www.cervejartesanal.com/produto/kits-de-extrato-de-cerveja/traditional/kit-mangrove-jacks-traditional-blonde-lager-pouch-1-5kg/

quinta-feira, 30 de março de 2017

Fiquei a cuidar dos Putos!

A minha Maria ontem deixou, me os putos a dormir, no fundo confia no padrinho a tomar conta das crianças.

Fiquei contente, reparem na mistura de raças um cocktail muitirracial!

 No dia seguinte não sei que fiz eu, mas ela já me deixou esta rapaziada separada deve ser para evitar conflitos.

A gaiata quer é que eu sinta a vontade de ser pai, sabe muito a criança sabe...

Engarrafada! (Connoisseurs Export Stout)

Transfega para a maturação.



E ela ai está, levou 6 g de açucar por litro prá gaseificação.
Aguardemos um mesito!

quarta-feira, 22 de março de 2017

quarta-feira, 15 de março de 2017

Puzzle

Começou a 7 de Fevereiro e terminou hoje 2000 peças depois.







Vende-se como peça decorativa á melhor oferta!!!!

segunda-feira, 13 de março de 2017

Connoisseurs Export Stout

Fabrico artesanal, a fermentar:






Uma cerveja forte e encorpada, deve servir-se gelada para se apreciar esta Stout escura e bem lupulada.
Vamos ver o que sai daqui.....

quarta-feira, 8 de março de 2017

O Dia das 24 Mulheres!

Um dia tem 24 horas, foram estas as 24 mulheres que me fui lembrando ao longo do dia de hoje.

a menina mulher que não devia mas me dá insónias,
a mulher louca que nunca mas nunca falha e hoje se esqueceu do meu "Bom Dia",
a mulher mãe que hoje não me fez o almoço,
a criança piolho que qualquer dia está uma mulher,
a mulher amiga dar dois dedos de conversa e beber café,
a mulher vizinha vou de viagem a pensar que me dás vontade de arriscar,
a mulher pontual cumpridora colega de trabalho,
a mulher teimosa da qual nunca me esqueço e lembrei que pedis-te uma carta,
a mulher irmã que aprovaste os convites do Tiago,
10º a mulher burra e maldosa que não me vejo livre de ti,
11º a mulher antiga que vens sempre á baila,
12º a mulher do outro que estás tão mal entregue,
13º a mulher profissional atarefada mas amiga estranhamente ausente,
14º a mulher fria que não reages aos comentários,
15º a mulher de classe a rainha das minhas redes sociais,
16º a mulher idosa cozinheira de sempre do café habitual,
17º a mulher avó que ás vezes tarde mas sempre me lembro,
18º a mulher do amigo que não lhe dás liberdade,
19º a mulher trabalhadora que me serviste o petisco,
20º a mulher do benfiquista que hoje levas tau tau,
21º a mulher bonita que não me sais da lembrança,
22º a mulher da telenovela SIC que és grande espadalhão,
23º a mulher Brazzers que ainda vamos ver no que isto dá,
24º a mulher amor que não há meio te conhecer pá! :)


Merecem ter um dia de comemoração sim, um homem sem mulheres não é nada.